Home » Notícias » Senar capacita supervisores do Projeto ABC Cerrado

Senar capacita supervisores do Projeto ABC Cerrado

Os dados são coletados pelos técnicos de campo que visitam as propriedades rurais durante os atendimentos da ATeG e cabe aos supervisores a validação dessas informações que são disponibilizadas no sistema do projeto ABC CerradoSupervisores do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) que atuam no Projeto ABC Cerrado em Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Tocantins participam nesta terça-feira, 10, de uma capacitação sobre os Indicadores de Sustentabilidade em Agrossistemas (ISA).

O ABC Cerrado é uma iniciativa do Senar, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) com recursos do Banco Mundial. O treinamento de supervisores visa atender um dos indicadores de sustentabilidade previstos pela entidade financiadora. O ISA é uma ferramenta desenvolvida pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e pela Embrapa.

“O Senar aplica a ferramenta para determinar os índices de sustentabilidade das propriedades que recebem Assistência Técnica e Gerencial e levar esse conhecimento ao produtor para que ele possa fazer as adequações quando necessário”, explica o assessor técnico Rafael Diego Nascimento da Costa.

Os dados são coletados pelos técnicos de campo que visitam as propriedades rurais durante os atendimentos da ATeG e cabe aos supervisores a validação dessas informações que são disponibilizadas no sistema do projeto ABC Cerrado.

“A ferramenta é bem prática e os técnicos de campo a consideram estratégica para motivar o produtor e trazer resultados positivos para a propriedade”, afirmou o supervisor do Senar de Mato Grosso do Sul, Klaus Zimmer. Os Indicadores de Sustentabilidade em Agrossistemas são uma metodologia que aborda as características de uma propriedade sob os aspectos econômico, social e ambiental da propriedade.

Desta forma, o produtor consegue fazer um diagnóstico e elaborar um plano de adequação ambiental e socioeconômica da propriedade. Ao todo são 23 indicadores que compõem a ferramenta, como geoprocessamento das imagens e perímetros da propriedade rural, uso e ocupação do solo do imóvel rural, reserva legal e áreas de preservação permanente.

“De todos os mecanismos de análise de sustentabilidade, o ISA funciona de uma maneira bem simples e é o mais bem aceito. Ele foi trazido para dentro do ABC Cerrado porque o Banco Mundial entende que é uma ferramenta importante para a coleta de dados e transformação desses dados em diferencial para o projeto”, destacou o coordenador técnico da ATeG do Senar, Alexandre  Maroso Gessi. “O ISA faz parte de algo muito maior e de um benefício muito maior que vamos ter. Por isso nosso objetivo é transformar a ferramenta em realidade nacional”, completou.

CNA/Senar

O post Senar capacita supervisores do Projeto ABC Cerrado apareceu primeiro em Portal Revista Safra.

Powered by WPeMatico

Check Also

Com safra de 228 milhões de toneladas, exportações já somam US$ 49 bilhões

A China manteve-se como principal destino das exportações do agronegócio brasileiro no primeiro semestre deste ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *