Home » Notícias » Safra será 5,6% menor que a de 2017, relata IBGE

Safra será 5,6% menor que a de 2017, relata IBGE

As três principais lavouras de grãos do país – arroz, milho e soja – representarão 92,9% da produção da safra atual. São esperadas quedas para os três produtos: de 1,6% para a soja, de 13,5% para o milho e de 5,7% para o arrozAinda chove forte em Goiás e também em outras importantes regiões produtoras do País, um indicativo de que o clima pode, sim, comprometer os números e estimativas da safra 2017/2018. A atual pode, sim, recuar 5,6%, na comparação com a safra 2016/2017, segundo relata o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Paralelamente aos números, a região central do País continua com áreas de instabilidade ativas, com registros de chuva em diversas localidades de Rondônia, Mato Grosso e em Minas Gerais. Com isso, e também conforme haviam alertado especialistas, o pleno andamento da colheita da soja – que em Goiás alcançou 50% da área colhida na semana passada – e posterior plantio do milho safrinha podem ser prejudicados pela chuva e pelo tempo mais fechado, uma vez que ainda há muitos produtores semeando seus campos.

Conforme previsões climáticas, as condições permanecem hoje, 8, e apenas amanhã, 9, é que a chuva deve diminuir e o tempo abrir mais. A passagem de uma frente fria pela região Sul e Sudeste no começo da próxima semana pode deixar o tempo instável novamente. Dados do Climatempo mostram que esse deve ser o padrão do tempo ao longo de todo o mês em grande parte da região Centro-Norte do País, que terá pancadas de chuva praticamente todos os dias, mas bem irregulares. Isso pode ocasionar alguns volumes de chuvas abaixo da média, enquanto em regiões vizinhas as chuvas devem ficar bem acima da média.

A safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas, conforme repercutiu a Agência Brasil com base nos números do IBGE, deve fechar 2018 com 227,2 milhões de toneladas. Essa é a segunda estimativa de safra do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, realizado em fevereiro deste ano, pelo instituto. Caso a estimativa se concretize, a safra será 5,6% inferior ao total registrado em 2017, que foi de 240,6 milhões de toneladas. Apesar da expectativa de queda em 2018, a estimativa feita em fevereiro é mais otimista do que a de janeiro. De janeiro para fevereiro, o IBGE elevou em 0,5% (de 226,1 milhões para 227,2 milhões de toneladas) a estimativa de 2018.

As três principais lavouras de grãos do país – arroz, milho e soja – representarão 92,9% da produção. São esperadas quedas para os três produtos: de 1,6% para a soja, de 13,5% para o milho e de 5,7% para o arroz. Entre os trinta produtos analisados pela pesquisa, 15 devem apresentar alta na produção, entre eles, algodão herbáceo em caroço (12,1%), café em grão-arábica (17,1%), café em grão-canephora (7%), feijão em grão 2ª safra (8,7%), mandioca (1,2%), tomate (1,9%) e trigo em grão (44,3%).Já entre os 15 produtos em queda, além da soja, arroz e milho, destacam-se a banana (-1,3%), batata-inglesa 1ª safra (-11,4%), batata-inglesa 2ª safra (-3,8%), batata-inglesa 3ª safra (-15,8%), cana-de-açúcar (-2,2%), feijão em grão 1ª safra (-0,7%), feijão em grão 3ª safra (-6,7%), fumo (-3,3%), laranja (-1,5%) e uva (-16,3%).

Portal Revista Safra, com informações da Agência Brasil e Climatempo

O post Safra será 5,6% menor que a de 2017, relata IBGE apareceu primeiro em Portal Revista Safra.

Powered by WPeMatico

Check Also

Com safra de 228 milhões de toneladas, exportações já somam US$ 49 bilhões

A China manteve-se como principal destino das exportações do agronegócio brasileiro no primeiro semestre deste ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *