Home » Notícias » Produtores pedem urgência no término de obras em rodovias do oeste baiano

Produtores pedem urgência no término de obras em rodovias do oeste baiano

Eles também solicitaram urgência na finalização de trechos inacabados da BR-020, que liga Santa Rita de Cássia e Campo Alegre de Lourdes, e da BR-030, para o asfaltamento do trecho Carinhanha-Feira da Mata-Cocos e de Cocos a Mambaí, já em GoiásMoacir Neto

Os produtores rurais baianos já mostraram que têm boa vontade. Tanto é que se uniram para recuperar alguns trechos de estradas vicinais, pensando justamente nas melhorias para o escoamento da produção e também visando beneficiar moradores de regiões servidas pelos trechos. Além de aguardar respostas do poder público, um grupo foi até Brasília pedir mais empenho no assunto.

Tanto que se reuniram com o ministro dos transportes, Maurício Quintella Lessa, para verificar o andamento da conclusão de trechos inacabados da BR-135, que liga as sedes dos municípios de São Desidério a Correntina (oeste da Bahia). Eles também solicitaram urgência na finalização de trechos inacabados da BR-020, que liga Santa Rita de Cássia e Campo Alegre de Lourdes, e da BR-030, para o asfaltamento do trecho Carinhanha-Feira da Mata-Cocos e de Cocos a Mambaí, já em Goiás. Também participaram da reunião, no dia 31 último, o diretor nacional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Valter Casimiro Silveira, e o superintendente regional do Dnit na Bahia, Amauri Sousa Lima.

Ao representar os agricultores baianos, o presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato, explicou ao ministro que estes trechos são essenciais para o desenvolvimento regional. “Além de melhorar a acessibilidade de quem precisa se deslocar entre as cidades, vai ajudar a reduzir os custos de transporte da produção”, disse.

No caso da BR-135, precisa ser concluída a ponte do rio Guará, inacabada há nove anos. Na atual, de madeira, não trafegam veículos com cargas pesadas. Na BR-020, a rodovia iria reduzir a distância para o mercado do nordeste, sobretudo para o escoamento da soja e do milho para as regiões produtoras de grãos da Garganta e Coaceral, em Formosa do Rio Preto (BA). O dirigente também aproveitou o momento para reforçar as características em solo, chuva e tecnologia contribuindo, nos últimos 30 anos, para tornar o oeste da Bahia em um dos principais polos agrícolas do Brasil.

O líder do PR na Câmara dos Deputados, José Rocha, que liderou a comitiva que contou também com prefeitos e vereadores, reforçou a cobrança por mais investimentos para a Bahia. “As BR´s 135, 020 e 030, que passam pelo oeste e sudoeste da Bahia, são importantes ligações para os estados vizinhos, como Piauí e Minas Gerais, e garantiriam maior desenvolvimento econômico e social para as cidades da região. Precisamos dar à Bahia a importância que ela tem no contexto da produção agrícola brasileira.”

O prefeito de Cocos, Marcelo de Souza, reforçou sobre a importância da rodovia para ligar a sede do município para a região produtora por meio da BR-030. “Teremos um aumento de renda do comércio e emprego na cidade com o melhor acesso entre a sede e a área produtora. Por causa do isolamento, não estamos tendo essa oportunidade de crescimento.”

Portal Revista Safra, com informações da Abapa

O post Produtores pedem urgência no término de obras em rodovias do oeste baiano apareceu primeiro em Portal Revista Safra.

Powered by WPeMatico

Check Also

Cotação do café arábica tem variação negativa de 2,43%

A maior variação, no acumulado parcial do mês, foi negativa de 2,43%, com o produto ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *