Home » Notícias » Conab estima safra de grãos em 228 milhões de toneladas

Conab estima safra de grãos em 228 milhões de toneladas

Além da maior liquidez, a soja representa melhor rentabilidade em relação a outras culturas, animando produtoresMoacir Neto

Mesmo enfrentando condições climáticas adversas em algumas regiões do País, o que dificulta o manejo, a lavoura de soja é a protagonista no aumento de área e produção de grãos na safra 2017/2018. Além da maior liquidez, o grão representa melhor rentabilidade em relação a outras culturas, animando produtores. Com isso, a produção de grãos da safra pode chegar a 227,9 milhões de toneladas, com um recuo de 4,1% em relação à safra passada dos 237,7 milhões de toneladas, mas a área total registra um crescimento de mais de 1%, ultrapassando os 61 milhões de hectares. É o que mostra o 4º Levantamento da Safra de Grãos 2017/2018, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado na manhã de hoje, 11, durante coletiva de imprensa em Brasília (DF).

Com base no estudo da Conab, o crescimento da área é estimado em 3,2% em relação ao ano passado, atingindo 34.991,4 mil hectares. E a participação do Centro-Oeste no contexto regional da produção de soja é grande. Mas houve incrementos de 22,26%, 9,24%, 11,39% e 13,41% no Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, respectivamente.

Com o plantio das principais culturas já encerrado, soja e milho seguem atraindo a preferência do produtor, respondendo por quase 90% dos grãos produzidos. Para a soja, com queda de 3,2%, estão previstas 110,4 milhões de toneladas contra 114,1 milhões de toneladas do último período. No caso do milho total, a expectativa de redução de 5,6% muda de 97,8 milhões de toneladas para 92,3 milhões de toneladas atuais. A primeira safra, com números menores nesta fase, pode ficar em 25,2 milhões de toneladas, enquanto a segunda pode alcançar 67,2 milhões de toneladas, registro próximo da produção passada de 67,4 milhões de toneladas.

Outra cultura, o algodão apresentou melhor cenário, com aumento de 11,4% na produção da pluma, totalizando 1,7 milhão de toneladas e elevação de 11,9% de área. Este aumento, junto com o da soja, favoreceu a ampliação da área total plantada. O algodão marca números acima de 1 milhão de hectares, enquanto que a soja, com maior liquidez e possibilidade de melhor rentabilidade frente a outras culturas, tende a uma elevação média de 3,2%, podendo alcançar 35 milhões de hectares. A soja aponta para uma produtividade de 3,15 mil quilos por hectare contra 3,36 mil da safra anterior. A pesquisa foi feita nos principais centros produtores de grãos do País, do dia 17 a 23 de dezembro.

Portal Revista Safra, com informações da Conab

O post Conab estima safra de grãos em 228 milhões de toneladas apareceu primeiro em Portal Revista Safra.

Powered by WPeMatico

Check Also

Comitiva de cinco países conhece produção de café e lácteos em Minas

Durante três dias, o grupo visitará fazendas, a Associação dos Produtores de Queijo Canastra (Aprocan), ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *